Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amorosamente

Meros pensamentos dramatizados em verso e em prosa

Amorosamente

Meros pensamentos dramatizados em verso e em prosa

De quem [ainda] não sabe amar.

03.09.17 | H. Alegria | opinar
Não conheço o amor. Penso que já me bateu à porta… Aliás, fui eu quem bati à sua porta. Mas ele não estava. Acho que desesperei de tanto esperar. Mantive-me naquela entrada por várias primaveras, verões, outonos e invernos, sem nunca (...)

Memórias que te entrego.

17.07.17 | H. Alegria | notas (2)
Num testamento deixei-te dezenas de cartas que pensei jamais serem entregues. De todas as vezes que abri o meu coração acho que esta foi a mais difícil. Nunca eu pensaria que um dia terias acesso a todas estas palavras que eu considerava (...)