Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a m o r o s a m e n t e

Talvez sinta demais, mas se não fosse assim perdia a graça.

a m o r o s a m e n t e

Talvez sinta demais, mas se não fosse assim perdia a graça.

Seg | 02.09.19

A coreografia de te ter no pensamento.

Helena Alegria

Pensar em ti dá-me vontade de arco-íris. Querer uma tela do tamanho desta grande sala de jantar. Uma tela por pintar, que eu preencherei das cores mais bonitas que este coração há de pulsar...

Pensar em ti dá-me vontade de mar. Amar e voar, abraçar a brisa e viajar pelas tuas histórias e detalhes... Pelo teu sorriso, aventuras e cicatrizes. Não quero mais nenhuma bússola pois tu és tudo o que eu preciso.

Pensar em ti dá-me vontade de neve. Da lareira e da manta na qual me enrosco. Do frio que está lá fora... Mas eu estou tão melhor cá dentro! No meu porto de abrigo.

Queria que fosses o meu porto de abrigo...

Queria que estivesses aqui, junto de mim. Queria que a arte fosse feita das nossas histórias, com todas as sombras e realces e todos os retoques assinados por nós.

Queria aventurar-me por esta vida contigo. Pela adrenalina e pelo sossego. Pelo sol, chuva e tempestade. Pelas colinas e falésias... Sabendo que estás do meu lado para o que der e vier.

Queria o domingo de manhã que não apetece sair da cama. Simplesmente porque se tu estás aqui eu estou no sítio certo. No meu conforto, lar doce lar, o melhor acolhimento, o meu porto seguro...

Há músicas que gritam o teu nome. Rebentam histórias de amor... Como as ondas na praia, num dia de maré agitada. Fazem-me sonhar até às estrelas... Explorar Marte, Júpiter... De Saturno a Neptuno e de volta a Mercúrio. Quero-te aqui e não sei como!

Mas aqui estou eu, duas da manhã a dançar por este corredor... Balanço em ritmos de amor mesmo sabendo que tu não estás cá! Quero bater a todas as portas esperando que estejas escondido atrás de alguma delas. Mas não o faço por receio de incomodar.

É como se houvessem mil e uma oportunidades... Mas quando tenho de tocar à campainha... Será que atenderias?