Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Amorosamente

Meros pensamentos dramatizados em verso e em prosa

Amorosamente

Meros pensamentos dramatizados em verso e em prosa

Lembrei-me de ti.

17.05.21 | H. Alegria | opinar
  Lembrei-me de ti. Lembrei-me de nós. Lembrei-me daquele sentimento, outrora tão puro... Lembrei-me de como te esqueci, e do quanto o fervor deste amor pintava isso de impossível... Esquecer-te. Realmente, a vida tem qualquer coisa de (...)

Sei lá eu o que é o amor.

12.05.20 | H. Alegria | opinar
Sinto saudades de amar. Amar como se ama quando se dá o coração por inteiro... Mas sei lá eu o que é o amor. Sempre fui medrosa, medrosa demais, admito. Uma romântica incurável, também há que ser dito... Não sei quando é que amar (...)

Memórias que te entrego.

17.07.17 | H. Alegria | notas (2)
Num testamento deixei-te dezenas de cartas que pensei jamais serem entregues. De todas as vezes que abri o meu coração acho que esta foi a mais difícil. Nunca eu pensaria que um dia terias acesso a todas estas palavras que eu considerava (...)